Um sonho

Uma vez sonhei que tinha morrido. Eu ficava trançando no quintal da minha casa, debaixo da jabuticabeira, nos lugares que gostava de brincar, sem ninguém me ver, porque estavam na dimensão dos vivos. Eu tentava me comunicar através e cheiros, que eram sílabas. Eu fiz uma espécie de paleta, só que não era de cores, era de cheiros. Tinha cheiro de folha espremida, flor, terra vermelha, terra preta, terra molhada. Eu montava as palavras de cheiros e minha mãe começou a entender. Daí eu acordei.

Comentários

Anônimo disse…
Carol,
Interessante esta associação de cheiros com a morte. Lembro do quintal do meu avô e de como o cheiro de cuité e daquele folhiço úmido que fica debaixo das árvores me traziam a idéia de morte.
Beijos
Judite
Anônimo disse…
Não gosto de sonhar com morte...apesar de que esse sonho que vc teve não me pareceu ruim, por causa dos cheiros e outras coisas...mas sei lá...vc está bem?!?!
Estou com saudades!!!

Mil bitocas!!!
Anônimo disse…
Sonhar com morte pode ter vários significados.
Pode significar o fim de uma fase da vida ou o fim de alguma coisa que não é mais útil para você.
Pode significar uma cura ou um renascimento que está a ponto de ocorrer em sua vida.
Ou pode significar simplesmente saúde.
Anônimo disse…
Adoro passear por aqui... e hj resolvi te dar um oi!! O lab não é o mesmo sem vc!!
Achei esse sonho lindo, um jeito bem bacana de encarar a morte!! Tomara que encontremos só cheiros agradáveis!!
Bjos mil!!!
Luísa
Não acordei triste desse sonho, nem com medo. Mas achei uma grande idéia essa comunicação por cheiros. Quando uma árvore exala o perfume das flores, quer se comunicar com os polinizadores. Quando os frutos cheiram no pé, dizem 'comam-nos e espalhem nossas sementes'. E quando passamos sob uma árvore e sentimos um cheiro de folha, de madeira? Elas querem nos dizer algo?
No meu sonho, eu manipulava árvores e coisas para falar, e achei isso bom.
Abraços, amigos!
Anônimo disse…
ai ana cada vez mais bonito esse seu blog!!!
adoro... e você sabe disso!!!!!
bjo

Postagens mais visitadas deste blog

De trevas e luz: os brejos

Anfíbios e répteis

O dom para fazer contato